Sala de
Imprensa

Fechar
15.10.2015
Entenda a vigorexia, transtorno compulsivo que vem crescendo principalmente entre os homens

Entenda a doença considerada como um tipo inverso de anorexia, que faz com que homens e mulheres extremamente fortes não consigam se sentir satisfeitos com sua forma física

Inicialmente classificada como um transtorno obsessivo compulsivo, a vigorexia, que também pode ser considerada como um transtorno alimentar, é um transtorno  que vem atingindo um grande número de pessoas, em sua maioria homens viciados em fisiculturismo, que é o uso do exercício de musculação para desenvolver músculos do corpo. Apesar das causas da vigorexia serem psicológicas, alguns especialistas afirmam que o problema pode derivar de desequilíbrio químico no cérebro, de variações genéticas ou devido a traumas como bullying.

Frequentemente comparada como uma forma de anorexia inversa, os indivíduos que possuem essa síndrome normalmente fazem exercícios físicos de forma excessiva e, mesmo se tornando extremamente musculosos e fortes fisicamente, não conseguem enxergar a sua boa forma física no espelho. Com isso, muitos abusam de anabolizantes e se tornam depressivos, se isolando da sociedade até que se sintam seguros com sua forma física, além de sofrerem efeitos colaterais devido ao excesso de exercícios físicos.

Segundo o médico nutrólogo Octaviano Cruz, de Belo Horizonte, muitos dos pacientes deixam de ter vida social ativa para se exercitar, prejudicando até mesmo a vida profissional. Essa prática exagerada de atividades físicas pode desencadear outros efeitos como fadiga e dores musculares persistentes, maior susceptibilidade a infecções, maior incidência de lesões, ritmo cardíaco elevado mesmo em estado de repouso, alterações no humor, insônias, perda de apetite e de peso, menor desempenho sexual, depressão e até pensamentos suicidas.

O médico afirma que o tratamento deve ser feito com psicoterapeuta, para que o indivíduo consiga aceitar-se da forma que é, além de acompanhamento nutricional para uma dieta correta e balanceada. Pode também ser necessário o uso de medicamentos.

Serviço:

 

Dr. Octaviano T. N. B. Cruz

CRM 66.774

– Tratamento da Obesidade e Emagrecimento

– Nutrologia do Esporte, Gestante e Idoso

– Medicina Preventiva e Clínica Geral

– Tratamento de Transtornos Alimentares

Site: www.droctavianocruz.com.br/cms

Agende uma consulta: consulta@droctavianocruz.com.br

Assessoria de Imprensa:

Agenda Comunicação Integrada

Jornalista responsável: Maíra Rolim

Contato: (31) 3021-0204/ 9120-1068

Site: agendacomunica.com.br | facebook.com/agendacomunicacao